Topo

Autoridades da Itália autorizam entrada de 8 migrantes de navio da Open Arms

19/08/2019 21h12

Madri, 20 ago (EFE).- Autoridades italianas autorizaram nesta terça-feira (data local) a entrada de oito migrantes e um integrante da organização Open Arms que estavam retidos em uma embarcação da organização que está parada há 18 dias no sul do país.

Os oito migrantes, segundo a Open Arms, precisavam de "assistência urgente" e por isso foram autorizados a entrar no país pelo porto de Lampedusa. Eles serão levadas, segundo as autoridades italianas, a uma clínica local.

"Quem não quer ver a situação insustentável a bordo é que é incapaz de sentir empatia pela dor alheia", escreveu a Open Arms em mensagem divulgada no Twitter para informar a autorização para a saída das nove pessoas da embarcação.

A crise envolvendo o navio da Open Arms, que ainda abriga mais de 100 pessoas, ampliou as tensões entre os governos de Itália e Espanha.

A vice-presidente do governo da Espanha, Carmen Calvo, acusou a Itália de violar a legislação internacional ao não aceitar a entrada dos migrantes no país e deixou aberta a possibilidade de denunciar o incidente ao Tribunal Internacional de Direito do Mar.

A Open Arms negou uma oferta da governo de Pedro Sánchez de receber os migrantes em Algeciras. Segundo a organização, não há condições a bordo para realizar a viagem de seis dias à região, que fica no sul da Espanha. EFE

Mais Notícias