Topo

Passeata reúne milhares de pessoas na fronteira França-Espanha contra o G7

24/08/2019 08h53

Hendaye (França), 24 ago (EFE).- Milhares de pessoas iniciaram neste sábado na cidade de Hendaye, no sul da França, uma passeata de cerca de três quilômetros até Irún, na Espanha, em protesto contra a reunião do G7, que será realizada até segunda-feira na vizinha Biarritz.

A manifestação foi convocada por duas organizações, a basca G7 Ez e a francesa Alternatives G.

Apesar do esquema de policiamento que existe na fronteira entre os dois países, no percurso da passeata não havia nenhum veículo policial, apenas um discreto efetivo de agentes à paisana.

Os manifestantes caminham em direção à ponte de Santiago, sobre o rio Bidasoa, na fronteira, onde está prevista a realização de um ato simbólico.

O G7, constituído por França (país anfitrião da cúpula deste ano), Alemanha, Reino Unido, Itália, Estados Unidos, Canadá e Japão, além da União Europeia, reúne-se em Biarritz para discutir assuntos de transcendência internacional e em meio a várias crises globais, como a guerra comercial entre EUA e China, os incêndios na Amazônia e a ameaça de uma recessão mundial.

Os sete países representam cerca de 40% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e 10% da população do planeta. Três deles (França, Reino Unido e Estados Unidos) são membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU. EFE

Mais Notícias