Topo

Colômbia diz que mais de 11 mil venezuelanos cruzaram fronteira com o Equador

25/08/2019 21h20

Bogotá, 25 ago (EFE).- O Controle Migratório e de Imigração da Colômbia informou neste domingo que mais de 11 mil venezuelanos cruzaram a fronteira do país com o Equador durante o fim de semana, através da Ponte Internacional de Rumichaca.

A quantidade de migrantes registrados nos últimos dias se deve a uma mudança das normas impostas das autoridades equatorianas, que exigirão visto humanitário para os cidadãos da Venezuela que quiserem entrar no território do país.

A cobrança terá início à meia-noite (2h de Brasília) desta segunda-feira.

O número de pessoas que cruzaram a ponto foi contabilizado pelo Posto de Controle Migratório de Rumichaca, na fronteira entre Colômbia, na cidade de Ipiales, e Equador, na cidade de Tulcán. Apenas neste domingo, foram 4,5 mil refugiados registrados.

Desde o mês passado, quando o Equador anunciou que começaria a exigir o visto humanitário para venezuelanos, mais de 85 mil deixaram a Colômbia rumo ao país. Apenas na última semana, foram 37 mil migrantes.

Em 1º de agosto, o governo colombiano informou que já há mais de 1,4 milhão de cidadãos da Venezuela no país, sendo que mais de 730 mil já têm documentos para permanecer legalmente no território. EFE

Mais Notícias