Topo

Ataque contra base do Exército afegão deixa pelo menos 4 soldados mortos

12/09/2019 07h43

Cabul, 12 set (EFE).- Uma explosão ocorrida nesta quinta-feira, na entrada de uma base do Exército Nacional do Afeganistão (ANA, sigla em inglês), no sul de Cabul, deixou pelo menos quatro soldados mortos, dias após os Estados Unidos declararem as negociações de paz com os insurgentes "mortas".

"Um homem-bomba que dirigia uma van detonou sua carga explosiva na entrada do Grupo de Forças Especiais. No ataque, quatro soldados das forças especiais morreram e outros três ficaram feridos", afirmou o Ministério da Defesa em comunicado.

De acordo com o Ministério do Interior do Afeganistão, a explosão ocorreu por volta das 12h50 (horário local, 5h20 de Brasília), no primeiro posto de controle de segurança da base de forças especiais da ANA, no distrito policial 7 da capital".

As forças especiais são um dos órgãos mais ativos do Exército afegão e geralmente são responsáveis por ataques noturnos e operações contra os talibãs.

Um porta-voz do partido insurgente, Zabihullah Mujahid, reivindicou a autoria do ataque em comunicado e disse que o autor foi capaz de entrar na base e "atingir os 200 soldados dentro do complexo que estavam se preparando para iniciar as operações".

Cabul foi alvo nas últimas semanas de vários ataques, o último deles ocorrido há uma semana, realizado com uma caminhonete carregada de explosivos, onde 12 pessoas morreram, incluindo um soldado americano e outro romeno.

Além disso, o Afeganistão também vem sofrendo um aumento na violência entre insurgentes e o governo, coincidindo com as fracassadas negociações de paz entre talibãs e EUA. EFE

Mais Notícias