Topo

Irá anuncia que petroleiro britânico apreendido será liberado em breve

16/09/2019 07h26

Teerã, 16 set (EFE).- O governo do Irã informou no domingo que o petroleiro de bandeira britânica "Stena Impero", retido desde julho passado em um porto do sul do país, será liberado "nos próximos dias".

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Abbas Musavi, disse em sua habitual entrevista coletiva que "seu processo legal e judicial está quase completo" e que existem apenas "duas ou três pequenas tarefas burocráticas".

Musavi explicou que "o acompanhamento" das violações cometidas pela "Stena Impero" já foi realizado e que o caso "agora está sendo processado".

O petroleiro britânico, com 23 tripulantes a bordo, foi capturado em 19 de julho pelos Guardiães da Revolução Islâmica (IRGC) no Estreito de Ormuz, quando viajava dos Emirados Árabes Unidos para a Arábia Saudita.

As autoridades iranianas acusaram o "Stena Impero" de violar as regras de navegação, algo que Londres e sua transportadora negaram na época.

A captura ocorreu duas semanas após a apreensão do petroleiro iraniano "Grace 1" pela Marinha Britânica, perto da costa de Gibraltar, sob suspeita de transportar petróleo bruto para a Síria, um país sob sanções da União Europeia.

As autoridades iranianas ameaçaram retaliar o Reino Unido pela apreensão do "Grace 1", que eles descreveram como pirataria.

O "Grace 1", agora "Adrian Darya 1", foi liberado em meados de agosto, mas esteve envolvido em controvérsias sobre as sanções impostas pelos EUA ao navio e as suspeitas de que finalmente descarregou seu petróleo na Síria. EFE

Mais Notícias