Topo

Atentado em hospital afegão deixa pelo menos 15 mortos e 70 feridos

19/09/2019 07h45

Islamabad, 19 set (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e outras 70 ficaram feridas nesta quinta-feira, a maioria profissionais de saúde e pacientes, em um ataque suicida com um carro-bomba contra um hospital no sul do Afeganistão, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

O atentado ocorreu por volta das 6h (hora local), quando o suicida detonou as bombas que carregava no automóvel próximo a um hospital da cidade de Qalat, capital da província de Zabul, disse o porta-voz do governador da região, Gul Islam Seyal.

A fonte disse que "a forte explosão" destruiu parte do hospital e várias casas vizinhas.

"A maioria das vítimas são profissionais de saúde, pacientes e civis de casas próximas", afirmou Seyal, indicando que o número de vítimas pode subir, já que ainda estão apurando os afetados pela explosão.

Os feridos foram levados a outros hospitais de Qalat e para a cidade vizinha de Kandar.

Um porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, reivindicou a autoria do atentado e disse que foi direcionado contra um edifício do Diretório Nacional de Segurança (NDS, sigla em inglês).

"O prédio do NDS na cidade de Qalat, na província de Zabul, foi atacado por um homem-bomba nesta manhã, com o resultado da maior parte do edifício destruído e dezenas de agentes da inteligência mortos ou feridos", disse Mujahid, em sua conta no Twitter. EFE

Mais Notícias