Topo

Presidente da Comissão Europeia deixa hospital após operar aneurisma

22/11/2019 12h04

Bruxelas, 22 nov (EFE).- O luxemburguês Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia (CE), deixou o hospital em que estava internado, após passar por operação em decorrência de um aneurisma aórtico, segundo divulgou nesta sexta-feira a porta-voz do Executivo comunitário, Annika Breidthardt.

"Está em casa, se recuperando bem e o esperamos de volta no escritório na próxima semana", afirmou hoje a representante da CE, em entrevista coletiva diária.

A cirurgia aconteceu em 12 de novembro, e um dia depois a Comissão Europeia divulgou por nota que havia sido bem-sucedida.

Juncker, de 64 anos, já havia sido submetido a um procedimento na vesícula em agosto deste ano, o que o impediu de participar da Cúpula do G7, realizada em Biarritz, na França.

Durante o primeiro afastamento, o vice-presidente da CE, o holandês Frans Timmermans foi o substituto.

O luxemburguês ficará no cargo até 1º de dezembro, quando será concluído o mandato. A substituta é a alemã Ursula von der Leyen. EFE

Notícias