PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Pilar de Borbón, tia do rei da Espanha, morre aos 83 anos

Pilar de Borbón, tia do rei da Espanha, Felipe VI, e irmã do monarca emérito Juan Carlos - Oscar Gonzalez/NurPhoto via Getty Images
Pilar de Borbón, tia do rei da Espanha, Felipe VI, e irmã do monarca emérito Juan Carlos Imagem: Oscar Gonzalez/NurPhoto via Getty Images

08/01/2020 14h25Atualizada em 08/01/2020 19h06

Madri, 8 jan (EFE) — A infanta Pilar de Borbón, tia do rei Felipe VI da Espanha e irmã do monarca emérito Juan Carlos, morreu nesta quarta-feira aos 83 anos em um hospital de Madri, segundo informações divulgadas por fontes da família real.

Pilar de Borbón estava hospitalizada desde o último domingo por complicações em um câncer de cólon, diagnosticado no ano passado e que a obrigou a passar por cirurgia e depois por um tratamento de quimioterapia.

Em setembro, a infanta precisou ser hospitalizada em Mallorca devido à queda em seu sistema imunológico. Ao deixar o centro médico, precisou usar cadeira de rodas, o que provou o seu delicado estado de saúde.

A infanta era a irmã mais velha de Juan Carlos, mas na Espanha a preferência do homem sobre a mulher no momento de chegar ao trono ainda está em vigor.

Juan Carlos e sua esposa, a rainha emérita Sofia, visitaram hoje o hospital depois que a família os informou que o estado de saúde da paciente era muito grave. Ambos deixaram o prédio no início da tarde após a confirmação da morte.

A última aparição pública de Pilar de Borbón foi em meados de novembro, durante um evento beneficente realizado pela ONG Nuevo Futuro, da qual foi presidente honorária por mais de 40 anos. Ela também foi presidente da Federação Equestre Internacional (FEI) de 1994 a 2006 e integrou o Comitê Olímpico Internacional de 1996 a 2006.

Internacional