PUBLICIDADE
Topo

Nova York investigará surgimento de suásticas e discursos de ódio no Queens

13/01/2020 18h46

Nova York, 13 jan (EFE).- O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse nesta segunda-feira que ordenará à polícia do estado que investigue o surgimento de suásticas e um discurso de ódio em um carro que foi assaltado na região do Queens, na cidade de Nova York.

O caso coincide com um recrudescimento do antissemitismo tanto no estado como no vizinho Nova Jersey, especialmente após um tiroteio em um minimercado kosher em Jersey City em dezembro do ano passado e o esfaqueamento de cinco pessoas, incluindo um rabino, durante as festividades de Chanucá na cidade de Monsey.

"Estou indignado com a proliferação de suásticas e discursos de ódio que apareceram no Queens nesta manhã. Este gritante ato antissemita pretende incitar e espalhar o câncer do ódio que tem permeado esta nação nos últimos anos", disse o governador.

Cuomo acrescentou que está ao lado dos nova-iorquinos que condenam esses ataques odiosos, sejam eles cometidos através de pichações ou de atos violentos.

"Vamos continuar a denunciá-los em qualquer lugar e a qualquer momento", disse. EFE

Notícias