PUBLICIDADE
Topo

Itália registra possível caso de coronavírus em mulher fez viagem a Wuhan

23/01/2020 20h19

Roma, 23 jan (EFE).- O Hospital Universitário de Bari, no sul da Itália, informou nesta quinta-feira que atendeu uma mulher italiana que pode ter contraído o novo coronavírus depois de passar alguns dias na cidade de Wuhan, na região central da China, origem do surto.

A unidade informou que adotou todos os procedimentos previstos nestes tipos de casos e que a paciente está em isolamento no departamento de doenças contagiosas enquanto aguarda os resultados dos exames realizados para comprovar se ela tem ou não o vírus.

Ela chegou ao hospital com sintomas parecidos aos de uma gripe - tosse e febre. No entanto, ao conversar com os médicos, ela informou que tinha feito uma viagem por várias cidades da China, incluindo Wuhan.

A paciente está hospitalizada desde a noite de ontem. Como de praxe, os exames foram levados ao hospital Spallanzani, em Roma, para serem analisados.

Segundo o último boletim divulgado pela emissora estatal "CGTN", o número confirmado de casos do novo coronavírus, similar ao que provocou a síndrome respiratória aguda grave (Sars) em 2013, subiu para 631. Até o momento, 17 pessoas morreram. EFE

ccg/lvl

Notícias