PUBLICIDADE
Topo

Sobe para 5 o número de infectados pelo novo coronavírus na Austrália

Passageiros vindos da China desembarcam no aeroporto de Sidney, na Austrália, com máscaras para se prevenir contra o coronavírus - Peter Parks/AFP
Passageiros vindos da China desembarcam no aeroporto de Sidney, na Austrália, com máscaras para se prevenir contra o coronavírus Imagem: Peter Parks/AFP

27/01/2020 13h57

Sydney (Austrália), 27 jan (EFE) — A Austrália confirmou na segunda-feira um novo caso do coronavírus surgido na cidade chinesa de Wuhan, subindo para cinco o número de pessoas infectadas no país, enquanto na China o número de mortos é de 80 e 2.744 infectados.

O novo caso é um estudante universitário, de 21 anos, que não foi identificado e que viajou recentemente para Sydney em um voo direto de Wuhan, epicentro do surto, de acordo com informações das autoridades de saúde de Nova Gales do Sul.

As autoridades australianas relataram ontem os quatro primeiros casos de infectados com o coronavírus, dos quais pelo menos três eram homens que estiveram em Wuhan, capital da província de Hubei.

Camberra também estuda um plano para repatriar cerca de 100 estudantes australianos que presos na cidade chinesa, praticamente isolada após o corte das comunicações ordenadas pelo governo chinês para conter a doença.

Até agora, o novo coronavírus causou 80 mortes entre os 2.744 infectados diagnosticados na China, informou no final da noite de ontem a Comissão Nacional de Saúde do país asiático.

Fora da China, até o momento foram confirmados oito infectados na Tailândia (dos quais cinco já tiveram alta), cinco nos Estados Unidos e na Austrália e quatro em cada um dos seguintes países: Singapura, Malásia, Taiwan, França e Japão (um curado); três na Coreia do Sul; dois no Vietnã; um no Nepal e um no Canadá.

Internacional