PUBLICIDADE
Topo

Malásia mais 3 casos no país do coronavírus surgido na China

29/01/2020 15h08

Bangcoc, 29 jan (EFE).- As autoridades da Malásia confirmaram nesta quarta-feira três novos casos de infecções no país do novo coronavírus surgido na cidade chinesa de Wuhan, elevando o número total de casos para sete.

O Ministério da Saúde da Malásia disse em comunicado que os recém-infectados são uma menina de 4 anos, um homem de 52 anos e a mãe de dois pacientes previamente confirmados, e observaram que os sete infectados são turistas da China.

Hoje, também na Malásia, um homem foi detido acusado de postar notícias falsas no Facebook sobre o coronavírus.

"O suspeito foi preso por espalhar informações falsas sobre o vírus no dia 26 de janeiro. Seu telefone celular e cartão SIM foram confiscados, que acredita-se que tenham sido usados para carregar o conteúdo falso no Facebook", diz o comunicado da Comissão de Comunicações e Multimídia da Malásia (MCMC), que realizou a prisão em colaboração com a polícia.

Agora estão investigando se o homem de 34 anos violou a Lei de Comunicações e Multimídia de 1998. Caso seja considerado culpado, poderá ser condenado a um ano de prisão, além de pagamento de multas de até 50 mil ringuites (cerca de R$ 51 mil).

De acordo com a atualização mais recente divulgada hoje pela Comissão Nacional de Saúde da China, o número de mortes por esse surto agora é de 132 na China, entre 5.974 infectados naquele país.

Esse novo tipo de coronavírus também se expandiu para Tailândia (14 casos), Singapura (7), Austrália (5), Taiwan (5), Estados Unidos (5), Japão (4), Coreia do Sul (4), França (3) e Vietnã (2), além de Camboja, Canadá, Alemanha, Costa do Marfim, Nepal e Sri Lanka, com um caso cada. EFE

nc-csg/phg

Notícias