PUBLICIDADE
Topo

França supera 10 mil mortes por Covid-19

07/04/2020 21h35

Paris, 7 abr (EFE).- A França ultrapassou nesta terça-feira a marca de 10 mil mortes por Covid-19 registradas, com um total de 10.328 óbitos desde o dia 1º de março, 1.427 a mais do que o balanço de segunda-feira, informou o diretor-geral de Saúde do país, Jérôme Salomon.

Entre as mortes contabilizadas, 7.091 ocorreram em hospitais (597 nas últimas 24 horas) e 3.237 em asilos para idosos e outras instalações.

Embora no segundo caso tenham sido computadas 820 a mais do que o total até o dia anterior, esse número não corresponde necessariamente a novos óbitos neste período porque o governo vem recebendo aos poucos os dados desses centros e, ainda sem todas as informações, divulga a última atualização disponível.

As autoridades da saúde detalharam que em todo o país há 78.167 casos de coronavirus confirmados, um acréscimo de 3.777 em um dia, entre eles 30.027 pessoas internadas, sendo 7.131 em unidades de terapia intensiva.

O confinamento na França começou no dia 17 de março e está previsto até 15 de abril.

Além da declaração assinada que os franceses devem portar para justificar a saída de casa, a partir desta meia-noite será acrescentado um novo certificado que controla o acesso ao território nacional.

Este documento deverá ser apresentado às empresas de transporte e nos controles de chegada, e será exigido para viagens internacionais do exterior para a França metropolitana ou ultramarina e também do país para estes últimos territórios, informou nesta terça-feira o Ministério do Interior.

O certificado, disponível na internet, deve indicar se a viagem é por motivos imperativos pessoais ou familiares, uma emergência de saúde ou motivos profissionais.

"Estou ciente de que o confinamento é difícil para muitos franceses, mas é indispensável se não queremos nos encontrar em uma situação ainda pior do que a atual", disse hoje o primeiro-ministro, Édouard Philippe, na Assembleia Nacional.

Notícias