PUBLICIDADE
Topo

Premiê britânico deixa UTI de hospital onde está internado com Covid-19

09/04/2020 20h55

Londres, 9 abr (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deixou na tarde desta quinta-feira a unidade de tratamento intensivo (UTI), mas continuará internado no hospital St Thomas', em Londres, onde recebe tratamento contra Covid-19.

Um porta-voz do governo britânico informou que Johnson, de 55 anos, está com "ânimo extremamente bom" e continuará "monitorado de perto" pelos médicos. Ele passou três noites na UTI, para onde foi transferido na segunda-feira, um dia após ser internado com sintomas "persistentes" da doença transmitida pelo novo coronavírus.

De acordo com o porta-voz, o premiê está na "fase inicial da recuperação". Johnson chegou a ser tratado com oxigênio, mas não precisou de ventilação mecânica, começou ontem a se levantar da cama e "interagir" com a equipe médica, aumentando o otimismo sobre sua condição.

Diagnosticado com Covid-19 em 27 de março, Johnson deixou temporariamente as rédeas do governo para o ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, que hoje à tarde concedeu uma entrevista coletiva na qual informou que o número de pessoas que morreram no Reino Unido com a doença aumentou em 881 no último dia, para um total de 7.978.

O chanceler destacou que ainda não é possível prever o auge da pandemia, e por isso as medidas de isolamento adotadas pelo governo serão prorrogadas para além da próxima segunda-feira, quando termina o período inicial de três semanas.

Notícias