PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Pela 1ª vez em 2 semanas, morrem menos de 5 mil pessoas por Covid-19 no mundo

Um profissional de saúde, usando equipamento de proteção, transporta o corpo de uma pessoa para um caminhão refrigerado durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19), no hospital Dr. João Lucio Pereira Machado, em Manaus - BRUNO KELLY/REUTERS
Um profissional de saúde, usando equipamento de proteção, transporta o corpo de uma pessoa para um caminhão refrigerado durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19), no hospital Dr. João Lucio Pereira Machado, em Manaus Imagem: BRUNO KELLY/REUTERS

21/04/2020 17h46

O número de mortes por COVID-19 em todo o planeta nas últimas 24 horas foi de 4,9 mil, segundo informações divulgadas nesta terça-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no primeiro dia com menos de 5 mil óbitos pela doença nas duas últimas semanas.

Até agora, houve 162.956 vítimas do novo coronavírus em todo o mundo, em um total de 2,39 milhões de casos, 50 mil deles notificados de ontem para hoje. O número diário está bem distante do recorde, registrado no último dia 11, quando foram reportados 90 mil novos infectados.

Por regiões, a Europa continua sendo a mais afetada, com 1,18 milhão de casos e mais de 100 mil mortes, embora esteja cada vez menos distante da América, atualmente com 893 mil infecções confirmadas pela OMS. O número de mortes, de cerca de 40 mil, é significativamente menor do que no Velho Continente.

Os gráficos dessas regiões nas últimas duas semanas mostram uma forma de dente de serra, em vez de claras tendências ascendentes ou descendentes, por isso é difícil estimar se há ou não uma queda global na pandemia.

Estados Unidos, Espanha, Itália, Alemanha, Reino Unido e França permanecem, nessa ordem, como os principais países afetados em termos de número de infecções. O número de pacientes recuperados no planeta ultrapassa 663 mil, enquanto aqueles em estado crítico ou grave ainda são mais de 57 mil. EFE

Coronavírus