PUBLICIDADE
Topo

Farmacêutica japonesa trabalha em células-tronco para tratamento da Covid-19

11/06/2020 13h34

Tóquio, 11 jun (EFE).- A empresa farmacêutica Rohto está desenvolvendo um tratamento com células-tronco para casos graves de Covid-19 e planeja realizar os primeiros testes clínicos em um curto prazo, de acordo com informações publicadas nesta quinta-feira pela imprensa japonesa.

A Rohto solicitou à Agência de Medicamentos e Dispositivos Médicos para iniciar os testes, que seriam os primeiros até o momento em que as células-tronco seriam usadas para tratar a doença causada pelo novo coronavírus, segundo fontes do órgão regulador japonês ao jornal local "Asahi".

A farmacêutica, com sede em Osaka, pretende usar células-tronco mesenquimais obtidas a partir de tecido adiposo humano, o que seria eficaz para neutralizar os efeitos do vírus no sistema imunológico.

A Rohto realizará testes laboratoriais em culturas de células antes de prosseguir com os primeiros testes em humanos, com o tratamento sendo administrado por via intravenosa.

A empresa vê potencial nas células-tronco para tratar a Covid-19 e está confiante na segurança desses tipos de tratamentos em humanos, que já foram testados com sucesso para doenças como cirrose hepática ou insuficiência cardíaca, entre outras aplicações médicas.

A empresa farmacêutica planeja oferecer mais detalhes desse tratamento experimental em uma entrevista coletiva, agendada para o próximo dia 23.