PUBLICIDADE
Topo

Argentina se aproxima das 2 mil mortes por covid-19

Sede do Ministério da Economia da Argentina, em Buenos Aires - Enrique Marcarian
Sede do Ministério da Economia da Argentina, em Buenos Aires Imagem: Enrique Marcarian

Da EFE, em Buenos Aires

15/07/2020 13h07

A Argentina está perto da marca de 2 mil mortes por covid-19, com 1.968, depois que outros 42 óbitos foram confirmados nesta terça-feira, enquanto o número de casos de infecção pelo novo coronavírus subiu para 106.910, com mais 3.645 nas últimas 24 horas.

O número de casos confirmados nesta terça-feira marca um novo aumento, pelo segundo dia consecutivo, após a queda obtida no domingo, quando foram registrados 2.657 contágios.

O relatório diário da tarde emitido pelo Ministério da Saúde detalha que as 42 mortes confirmadas nas últimas horas correspondem a 25 homens e 17 mulheres. As vítimas do vírus SARS-CoV-2, com idades entre 40 e 102 anos, eram residentes das províncias de Buenos Aires, Chaco e Río Negro, e se somam aos 23 óbitos reportados pela manhã.

Dos 106.910 casos de coronavírus detectados pelas autoridades sanitárias argentinas desde 3 de março, 1.083 são importados, 35.260 são contatos próximos de pessoas contagiadas anteriormente, 53.247 são de circulação comunitária e 17.320 estão sob investigação epidemiológica.

Coronavírus