PUBLICIDADE
Topo

Reino Unido se aproxima de 46 mil mortes por covid-19

Relógio Big Ben, na torre do Parlamento do Reino Unido - Toby Melville
Relógio Big Ben, na torre do Parlamento do Reino Unido Imagem: Toby Melville

31/07/2020 03h21

Londres, 30 jul (EFE).- O Reino Unido chegou nesta quinta-feira a 45.999 mortes por covid-19, após um aumento de 38 nas últimas 24 horas, e continua sendo o país mais afetado da Europa e o terceiro do mundo, atrás apenas de Estados Unidos e Brasil.

O Departamento de Saúde britânico detalhou que até o momento foram registrados 302.301 contágios, 846 nas últimas 24 horas.

Embora o governo informe as mortes confirmadas por diagnósticos, outras estatísticas oficiais indicam que o número real de mortes no país relacionadas ao coronavírus SARS-CoV-2 pode superar 56.400.

A Inglaterra, onde está concentrada a maior população do Reino Unido, com 56 milhões do total de 66,6 milhões de habitantes, também registra um maior número de mortes "adicionais".

De acordo com o Escritório Nacional de Estatística (ONS, na sigla em inglês), em 29 de maio, a taxa de mortalidade acumulada na Inglaterra era 7,55% mais alta do que a média entre 2015 e 2019, superior a qualquer outro território europeu entre os 23 países com dados contabilizados.

Até 12 de junho, a mortalidade acumulada na Inglaterra era 7,61% mais alta do que a média dos cinco anos anteriores, à frente de outros 18 países.

O assessor médico adjunto do governo britânico, Jonathan Van-Tam, anunciou nesta quinta-feira que o período de isolamento das pessoas com sintomas de Covid-19 na Inglaterra passará de sete para dez dias.