PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Chile registra mais 2.149 e 69 mortes em decorrência da covid-19

Marcelo Hernandez/Getty Images
Imagem: Marcelo Hernandez/Getty Images

De Santiago de Chile

08/08/2020 02h26

O Chile registrou nesta sexta-feira mais 2.149 casos de infecção pelo novo coronavírus e 69 mortes em decorrência da covid-19, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde do país.

Dessa forma, são 368.825 resultados positivos em testes de detecção para o patógeno e 9.958 óbitos desde o início da pandemia. Além disso, o governo do Chile admite a existência de 4 mil falecimentos que tem como causa considerada provável a covid-19.

Hoje, segundo o Ministério da Saúde, foi registrado o recorde diário de testes feitos desde o princípio da crise sanitária, com 25.243.

Diante da redução gradual nas últimas semanas, além da taxa de casos por exames realizados ser baixa, de cerca de 3%, as autoridades mantêm o programa de desconfinamento, especialmente, da região metropolitana de Santiago.

Atualmente, a preocupação se volta para o norte do território, nas regiões de mineração, de Atacama e Arica, além de Parinacota, que são as que mais tiveram novos positivos nos últimos dias.

Desde julho, o Chile vem tendo relaxamento de medidas e reabertura gradual das atividades sociais e econômicas, com novas medidas restitivas sendo aplicadas regionalmente, conforme a necessidade.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, 1.348 pessoas estão internadas em unidades de terapia intensiva, sendo 233 em estado grave ou crítico.

Coronavírus