PUBLICIDADE
Topo

Beirute registra 2º dia consecutivo de protestos e confrontos

09/08/2020 20h17

Beirute, 9 ago (EFE).- Milhares de pessoas se reúnem neste domingo pelo segundo dia seguido na Praça dos Mártires no centro de Beirute, protestando contra a explosão que na última terça devastou parte da capital do Líbano e estão em confronto com as forças de segurança nas proximidades do Parlamento, contra o qual atiram pedras.

Os agentes usam gás lacrimogêneo contra os manifestantes.

Em um tuíte, as Forças de Segurança Interna afirmaram que "não aceitarão" que seus membros sejam expostos a "agitação crescentes e dos ataques contínuos".

Ontem, milhares de pessoas se manifestaram em Beirute pela primeira vez desde a explosão no porto para exigir a renúncia de todos os líderes políticos, protestos que terminaram em confrontos com a polícia, com saldo de 250 feridos, segundo a Cruz Vermelha libanesa.

Hoje, a Cruz Vermelha afirmou que 65 pessoas tiveram que ser transferidas para hospitais e 185 foram tratadas no local.

Além disso, um agente de segurança morreu no hotel Le Gray, na Praça dos Mártires, epicentro dos protestos que abalaram o Líbano desde outubro do ano passado e que se reacenderam após a explosão da semana passada. EFE

ijm-fc/phg