PUBLICIDADE
Topo

Argentina tem recorde diário de mortes por Covid-19, e total passa de 5 mil

12/08/2020 04h10

Buenos Aires, 11 ago (EFE).- A Argentina registrou nesta terça-feira o seu maior número diário de mortes por Covid-19 até agora, com 241, o que elevou o total de óbitos pela doença desde o começo da pandemia para 5.004, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

Ainda segundo o boletim emitido pela pasta, foram detectados 7.043 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, elevando o total no país vizinho para 260.911.

A região metropolitana de Buenos Aires (Amba), formada pela capital e sua populosa área urbana, continua sendo o principal foco do vírus SARS-CoV-2 em território argentino. Só hoje, houve 1,2 mil contágios e 31 mortes, enquanto em outras cidades da província homônima foram notificados 4.576 casos e 193 óbitos.

No resto do país, Río Negro teve mais quatro vítimas do vírus SARS-CoV-2; Córdoba, três; Entre Ríos, Tierra del Fuego, Mendoza e Santa Fé, duas cada; e no Chaco e Neuquén, uma cada.

Os leitos de terapia intensiva em toda a Argentina estão com 58,2% de ocupação, mas a porcentagem sobe para 68,6% se levada em conta apenas a Amba. Existem atualmente 1.585 pacientes admitidos em UTIs. EFE

pro/dr