PUBLICIDADE
Topo

Duas crianças morrem em naufrágio de barco de migrantes no Canal da Mancha

27/10/2020 20h25

Paris, 27 out (EFE).- Quatro migrantes, entre eles duas crianças de cinco e oito anos de idade, morreram nesta terça-feira, depois que a embarcação em que cruzavam o Canal da Mancha afundou, segundo autoridades da região norte da França.

De acordo com as informações divulgadas, outras 15 pessoas foram atendidas em unidades hospitalares de Calais e Dunkerque, inclusive um homem que está em estado grave, mas não corre risco de morrer, de acordo com boletim médico.

A Prefeitura do Norte da França detalhou que o dispositivo de resgate foi acionado depois que um veleiro notificou a presença de uma embarcação de migrantes que aparentava ter dificuldades no Canal da Mancha, na altura de Dunkerque.

As três primeiras mortes, de uma mulher, de um homem e de um menino de cinco anos foram confirmadas às 12h30 pela hora local (8h30 de Brasília).

A quarta vítima, uma criança de oito anos, chegou a receber atendimento, mas acabou morrendo.

Todas estavam em um barco que os transportava com direção ao Reino Unido.

O número de mortos, no entanto, pode não ser definitivo, já que equipes de resgate ainda procuram por desaparecidos. A Promotoria de Dunkerque já investiga as causas do naufrágio.