PUBLICIDADE
Topo

União Europeia pode iniciar vacinação já em dezembro, diz presidente da CE

25/11/2020 14h53

Bruxelas, 25 nov (EFE).- A presidente da Comissão Europeia (CE), Ursula von der Leyen, admitiu nesta quarta-feira que a expectativa é iniciar a vacinação contra o novo coronavírus em cidadãos dos países que integram a União Europeia (UE) no próximo mês.

"Os primeiros europeus poderiam estar vacinados no início de dezembro", indicou a líder do Executivo do bloco continental.

A Comissão Europeia é responsável por negociar a compra conjunta de vacinas para a UE e já firmou contratos com seis desenvolvedores (Pfizer e BioNTech; Sanofi-GSK; Curevac; AstraZeneca e Universidade de Oxford; Johnson & Johnson e Moderna).

A comissária de Saúde da CE, Stella Kyriakides, lembrou ainda que existe um passo burocrático antes do início das campanhas de imunização, que é o pedido de autorização das farmacêuticas junto a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), o que ainda não ocorreu.

"A presidente Von der Leyen disse que poderíamos começar a vacinar no final de dezembro. Estamos à espera de quando as várias empresas submeterão os relatórios de avaliação para a EMA", explicou a representante sanitária da Comissão Europeia.

Na semana passada, a CE havia apontado que a expectativa é que as primeiras companhias, no caso a Pfizer e a Moderna, solicitassem as autorizações para iniciar a comercialização das respectivas vacinas na União Europeia em meados de dezembro. EFE

jaf-lzu/bg