PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Draghi anuncia que criará Ministério de Transição Ecológica da Itália

Draghi, ex-presidente do Banco Central Europeu, foi encarregado de formar um governo na Itália  - RALPH ORLOWSKI/Reuters
Draghi, ex-presidente do Banco Central Europeu, foi encarregado de formar um governo na Itália Imagem: RALPH ORLOWSKI/Reuters

Em Roma

11/02/2021 00h04

O candidato a primeiro-ministro italiano Mario Draghi criará o primeiro Ministério de Transição Ecológica da Itália, de modo a coordenar todas as suas políticas, segundo informou nesta quarta-feira a várias organizações ambientais com as quais se reuniu em Roma.

A presidente da WWF Itália, Donatella Bianchi, disse em entrevista coletiva que "a boa notícia" é que o gabinete de Draghi fará um Ministério de Transição Ecológica e que ficou "positivamente impressionada" com a importância que o economista deu ao assunto.

Bianchi disse que a iniciativa é especialmente importante em um momento em que a Itália deve promover reformas para investir os 209 bilhões de euros que virão da Europa no Plano de Recuperação contra a pandemia de covid-19

Na saída da reunião, no Palácio Montecitório, sede da Câmara dos Deputados, a ativista explicou que este ministério é "uma grande novidade" e que implicará a mudança do antigo Ministério do Ambiente e para a Proteção do Território e do Mar.

O presidente do Greenpeace Itália, Ivan Novelli, confirmou a criação deste ministério e o elogiou, uma vez que esta questão sempre foi "marginalizada" pela política do país.

"A atitude de Draghi vai na direção oposta. Constituir um Ministério da Transição Ecológica é um fato muito importante, esperemos que uma pessoa com uma forte sensibilidade ambiental seja escolhida para comandá-lo", frisou Novelli.

Draghi, ex-presidente do Banco Central Europeu, foi encarregado de formar um governo na Itália pelo presidente, Sergio Mattarella, após o primeiro-ministro anterior, Giuseppe Conte, ter renunciado no dia 26 de janeiro por falta de apoio parlamentar.

Internacional