PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Governo da Itália adia eleições municipais para o 2º semestre deste ano

04/03/2021 20h10

Roma, 4 mar (EFE).- O governo da Itália decidiu nesta quinta-feira adiar as eleições municipais no país, previstas para acontecerem no segundo semestre deste ano para evitar a propagação do novo coronavírus, que causa a Covid-19.

O Conselho de Ministros determinou a suspensão do pleito em um decreto, a partir da proposta do primeiro-ministro, Mario Draghi, e da ministra do Interior, Luciana Lamorgese, diante da situação epidemiológica no território italiano.

O pleito, que aconteceria no primeiro semestre deste ano, será remarcado para o período entre 15 de setembro e 15 de outubro, de acordo com a decisão do governo, devido "a necessidade de evitar aglomerações".

A medida afetará as eleições de 1.293 municípios, incluindo Roma, Milão, Turim e Nápoles, de acordo com o jornal italiano "La Reppublica".

Além disso, a jornada eleitoral também servirá para preencher vagas na Câmara dos Deputados e Senado, que ficarão sem donos a partir de 31 de julho próximo.