PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Lasso se declara vencedor das eleições no Equador: "Dia histórico"

12/04/2021 16h24

Quito, 11 abr (EFE).- O candidato de centro-direita, Guillermo Lasso está muito perto de ser eleito presidente do Equador e já discursou como vencedor das eleições deste domingo ao liderar a disputa com 5,04 pontos percentuais de vantagem para o oponente, Andrés Arauz, com 97,22% dos votos apurados.

"Este é um dia histórico, um dia em que todos os equatorianos decidiram seu futuro, expressaram com seu voto a necessidade de mudança e o desejo de dias melhores para todos", declarou Lasso diante de apoiadores reunidos em Guayaquil.

Em sua terceira tentativa de chegar à Presidência, Lasso tem 52,51% dos votos, contra 47,49% do candidato apoiado pelo ex-presidente Rafael Correa, com mais de 97% da apuração concluída, segundo dados do Conselho Nacional Eleitoral (CNE).

O candidato de centro-direita agradeceu a votação a Deus, à família e a Alfredo Borrero, seu companheiro de chapa. Também lembrou de Jaime Nebot, líder do Partido Social Cristão, que o apoiou nestas presidenciais, a terceira em que ele participa como autoridade máxima do movimento Criando Oportunidades (Creo), uma formação neoliberal que ele mesmo criou em 2012.

"Obrigado do fundo do meu coração por me dar a oportunidade de ser seu presidente e poder servi-lo", vibrou diante de seus seguidores em Guayaquil. Ele também destacou que a partir de 24 de maio eles assumirão com responsabilidade o desafio de mudar o Equador.

Durante toda a apuração, Lasso chegou a abrir nove pontos percentuais de vantagem sobre Arauz, mas pouco a pouco a diferença foi reduzida com a contagem dos votos nas províncias de Manabi e Esmeraldas, bastiões do Correísmo.