PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

MSF alerta sobre colapso hospitalar e aumento de mortes por Covid-19 no Peru

20/04/2021 21h11

Genebra, 20 abr (EFE).- O Peru sofre uma nova onda de Covid-19 devido à incidência da variante brasileira nas últimas semanas, que sobrecarregou muitos hospitais e causou elevadas taxas de mortalidade, enquanto o acesso às vacinas continua difícil, alertou nesta terça-feira a ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF).

Na primeira semana de abril, o Peru, com uma população de cerca de 33 milhões de pessoas, registrou cerca de 10 mil novos casos e 300 mortes todos os dias, representando um aumento de 50% no número de vítimas em relação à semana anterior.

Desde o início da pandemia, o país soma 1,7 milhão e 57 mil mortes por Covid-19, enquanto apenas 3% da população recebeu pelo menos uma dose da vacina.

As consequências são um sistema de saúde devastado, no qual as pessoas em muitas cidades fazem fila à noite, dormindo do lado de fora, para reabastecer os tanques de oxigênio a fim de poder cuidar de seus parentes em casa, alerta a ONG.

Além disso, a organização relatou que muitas pessoas com sintomas não querem ir aos hospitais, se automedicar ou escolher consultórios particulares que não são capazes de oferecer o nível de atendimento necessário.

A ONG lançou uma intervenção de emergência em colaboração com as autoridades da província de Huaura, no norte de Lima, para ajudar o hospital da capital provincial, Huacho.

"Queremos contribuir para reduzir a pressão sobre o hospital de Huacho e o sistema de saúde local por meio de uma unidade auxiliar onde podemos tratar pacientes com Covid-19 e oferecer a eles o oxigênio de que necessitam", explicou o diretor da missão dos MSF no Peru, Jean-Baptiste Marion.

Essa intervenção consiste em 50 leitos interligados ao hospital, metade deles equipados para isolamento clinicamente monitorizado e a outra metade com equipamento de oxigênio.