PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolívia receberá mais 1,5 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19

10/05/2021 16h17

La Paz, 10 mai (EFE).- O presidente da Bolívia, Luis Arce, anunciou nesta segunda-feira que um novo lote de 1,5 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 chegará ao país e em seguida, serão instalados mais postos de vacinação em massa nas principais cidades bolivianas.

Durante café da manhã com a imprensa, Arce afirmou que nos próximos dias chegarão ao país 500 mil doses da russa Sputnik V e 1 milhão da vacina chinesa fabricada pela Sinopharm, que ajudarão a acelerar a vacinação no país.

O presidente boliviano informou que o primeiro lote chegará amanhã à Bolívia, desembarcando do departamento de Cochabamba e que de lá, as doses serão distribuídas para as nove regiões do país.

Com a chegada dessas vacinas, pretende-se instalar novos postos de vacinação em massa em La Paz, sede do Governo, Cochabamba e Santa Cruz, que são as principais cidades da Bolívia e as regiões mais afetadas pela pandemia.

A decisão de instalar esses centros de imunização em massa foi tomada após o "sucesso" do plano piloto de vacinação implementado pelo Ministério da Saúde nas cidades de La Paz e El Alto, em coordenação com várias universidades do país.

Segundo o presidente boliviano, a vacinação foi acelerada com este plano piloto em que pelo menos 40 mil pessoas foram imunizadas diariamente.

Para isso, serão instalados novos postos "fixos" de vacinação que ficarão em universidades e ambientes onde foram realizadas feiras nas três cidades e está prevista a criação de postos móveis para focar a vacinação em setores específicos, como jornalistas.

Essas ações têm como objetivo acelerar a vacinação no país e cumprir a meta traçada pelo governo de imunizar 100% da população vacinável do país, cerca de 7,2 milhões de bolivianos.

O governo boliviano lançou uma campanha internacional para liberar patentes de vacinas e Arce disse estar "agradavelmente surpreso" com o apoio do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a esse pedido.

A Bolívia adquiriu vacinas da Sinopharm, Sputnik V e recebeu de Pfizer/BioNTech e Astrazeneca através do mecanismo Covax.

Até o momento, o país acumula 318.610 casos e 13.228 mortes por Covid-19, desde que o primeiro caso foi identificado em março do ano passado. Além disso, 734.162 pessoas foram vacinadas com a primeira dose.