PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Pedro Sánchez afirma que Espanha deve atingir imunidade de grupo em 100 dias

10/05/2021 15h55

Atenas, 10 mai (EFE).- O presidente do governo da Espanha, Pedro Sánchez, assegurou nesta segunda-feira que seu país está a 100 dias de atingir a imunidade de grupo contra o coronavírus, uma vez que, ao final desse período, 70% da população estará vacinada.

Sanchez se mostrou convencido de alcançar este objetivo durante uma coletiva de imprensa em Atenas ao lado do primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, após a reunião que ambos realizaram para discutir a relação bilateral e várias questões relacionadas com a União Europeia.

O chefe do Executivo ressaltou então que a Espanha se encontra em uma nova fase da pandemia porque, graças à vacinação, está começando a superar "a pior calamidade da humanidade em 100 anos".

Sánchez se referiu então ao processo de vacinação na Espanha para afirmar que os dados convidam ao otimismo e para ratificar que os objetivos do governo serão atingidos.

"Estamos a apenas 100 dias de alcançar a imunidade de grupo, ou seja, 70% da população espanhola estará vacinada e, portanto, imunizada", frisou.

De acordo com seus cálculos, esta porcentagem será atingida por volta de 18 de agosto.

Sanchez explicou que um terço da população adulta na Espanha já recebeu pelo menos uma dose da vacina, enquanto metade desse grupo também já recebeu a segunda dose.