PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Cuba registra 1.071 casos de Covid-19 na véspera de estudo de vacinas

11/05/2021 16h41

Havana, 11 mai (EFE).- Cuba registrou nesta terça-feira 1.071 novos casos de Covid-19, além de 14 mortes, na véspera do início de um estudo massivo com duas candidatas a vacinas produzidas na ilha, segundo informou o Ministério da Saúde Pública do país.

Os números divulgados pela pasta de Saúde atualizam o total de infectados para 118.168, enquanto já foram contabilizadas 755 mortes no país desde o início da pandemia.

O maior número de infecções do dia foi detectado em Havana (559) e nas províncias de Holguin (73) e Santiago de Cuba (67).

Na capital cubana, onde vivem 2,2 milhões de pessoas, está em vigor um toque de recolher noturno e outras medidas para diminuir a transmissão do coronavírus.

Por outro lado, o Ministério da Saúde cubano lembrou que iniciará amanhã um enorme estudo de intervenção sanitária, com duas das cinco candidatas a vacinas mais avançadas que está desenvolvendo: Abdala e Soberana 02.

Esta intervenção prevê a administração destas vacinas em mais de 1,7 milhão de habitantes da capital cubana, ainda que a autorização para utilização de emergência ainda esteja pendente.

A Abdala concluiu a aplicação de doses da terceira fase dos testes clínicos, enquanto a Soberana 02 deverá fazê-lo nos próximos dias.

Cuba não faz parte do consórcio Covax, criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para que os países em desenvolvimento tenham acesso às vacinas, e tampouco as adquiriu no mercado internacional.