PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Reino Unido reporta 11.007 novos casos de covid-19, maior número em 4 meses

17/06/2021 19h40

Londres, 17 jun (EFE).- O Reino Unido notificou nesta quinta-feira 11.007 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, o número mais alto desde 19 de fevereiro, segundo os dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

De acordo com as autoridades sanitárias britânicas, também foram contabilizadas mais 19 mortes por complicações derivadas da covid-19 no mesmo período.

Os novos números são notavelmente maiores que os do dia anterior, quando foram reportados 9.055 casos e nove mortes, e os de uma semana atrás, de 7.393 contágios e sete óbitos.

O governo revelou que 195.565 pessoas receberam nesta quinta-feira a primeira dose de alguma vacina contra a covid-19, elevanto para 42.216.654 o total de vacinados, o que significa que mais de 80% da população adulta já foi vacinada.

Além disso, 234.834 pessoas receberam a segunda dose, totalizando 30.675.207 indivíduos - 58,2% da população do Reino Unido - com a vacinação completa.

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, afirmou que todos os maiores de 18 anos na Inglaterra poderão agendar a vacinação a partir desta sexta-feira.

No entanto, a agência sanitária Public Health England (PHE), que nesta quinta-feira divulgou o relatório semanal (de 7 a 13 de junho) de acompanhamento da covid-19 em nível nacional, registrou que a taxa de casos a cada 100 mil habitantes aumentou em todos os grupos de idade, etnia e regiões nos últimos sete dias.

O número de infecções respiratórias agudas registrado na Inglaterra foi de 327 nessa semana, e de 287 na anterior, de acordo com o documento.

As taxas de casos positivos continuam sendo mais altas em pessoas de 20 a 29 anos, com um índice de 195,9 a cada 100 mil habitantes. Já as taxas mais baixas foram verificadas em pessoas com mais de 80 anos, 9,6 a cada 100 mil.