PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Isabel Díaz Ayuso é reeleita presidente regional de Madri

19/06/2021 02h33

Madri, 18 jun (EFE).- A conservadora Isabel Díaz Ayuso foi reeleita presidente regional de Madri para um mandato de dois anos, com os votos dos deputados do Partido Popular (PP), ao qual pertence, e do Vox, de extrema direita.

Após uma campanha eleitoral muito polarizada e de grande repercussão nacional, o PP ganhou as eleições antecipadas de 4 de maio com 65 dos 135 assentos do Parlamento de Madri.

O Vox conseguiu 13, de maneira que ambos somam a maioria absoluta, superando os três partidos da oposição de esquerda: Más Madri (24), Partido Socialista (24) e Unidas Podemos (dez).

Díaz Ayuso governava há dois anos em coalizão com o liberal Ciudadanos, partido que não obteve representação desta vez, e agora formará um governo solitário, embora necessite do apoio parlamentar do Vox.

A presidenta regional decidiu antecipar as eleições, inicialmente programadas para 2023, para impedir uma possível moção de censura do Ciudadanos e do Partido Socialista contra ela.

Desde que governa Madri, têm sido frequentes as polêmicas e os conflitos com o governo da Espanha, comandado pelo socialista Pedro Sánchez, em assuntos como política fiscal e, principalmente, restrições socioeconômicas da crise de covid-19.

"Hoje começa uma nova legislatura e provavelmente começa o fim do 'sanchismo' na Espanha", declarou, em alusão a Sánchez, antes de tomar posse.