PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Colômbia confirma mais 614 mortes por Covid-19 e corrige recorde de ontem

23/06/2021 04h21

Bogotá, 22 jun (EFE).- A Colômbia confirmou nesta terça-feira mais 614 mortes por Covid-19, além de ter revisado para cima o número de óbitos de ontem, o mais alto de toda a pandemia, de 649 para 754.

O Instituto Nacional de Saúde (INS) explicou que, por engano, nesta segunda não foram relatadas mortes nos departamentos de Valle del Cauca e Cundinamarca, que eram 59 e 47, respectivamente.

"Estes casos serão acrescentados aos comunicados de 21/06/2021, ou seja, para um relatório ajustado de 754 mortes nessa data", esclareceu a entidade.

Com as mortes na terça-feira, das quais 536 correspondem a dias anteriores, e estas "esquecidas" pelas autoridades ontem, o vírus SARS-CoV-2 já fez 101.302 vítimas em toda a Colômbia.

Hoje também foram relatados 28.616 casos de Covid-19, elevando o total desde o começo da crise sanitária para 3.997.021, dos quais 168.825 permanecem ativos.

O ministro da Saúde, Fernando Ruiz, disse hoje que é inevitável que a variante delta, descrita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como "preocupante" e que circula em mais de 90 países, chegue à Colômbia.

"Cada cepa traz mais velocidade de contágio do que a anterior, e sabemos que já existem lugares na América Latina e no Caribe onde ela foi detectada. É uma realidade que chegará ao país porque é praticamente impossível conter sua propagação. Já temos a brasileira (gama), temos a alfa (sul-africana), o beta (britânica) e praticamente todas as linhagens", admitiu Ruiz.

Com as 345.061 doses de ontem, foram administradas 15.298.930 vacinas contra a doença no país vizinho, e 4.977.790 pessoas completaram o processo de imunização com as duas injeções.