PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Chancelaria diz que 4 argentinos estão desaparecidos após desabamento nos EUA

24/06/2021 22h59

Buenos Aires, 24 jun (EFE).- Quatro argentinos estão desaparecidos após o desabamento parcial de um prédio residencial de 12 andares nesta quinta-feira em Surfside, em Miami Beach, segundo confirmaram à Agência Efe fontes do Ministério das Relações Exteriores do país sul-americano.

Embora por enquanto apenas essa informação tenha sido oficialmente divulgada, já se sabe que pelo menos outros dois argentinos se encontravam no prédio no momento do desabamento, mas conseguiram se salvar: os atores Nicolás Vázquez e Gimena Accardi, que se pronunciaram no Instagram: "Estamos bem, obrigado pela preocupação".

Em declarações à emissora argentina "TN", um homem que se identificou como Rodrigo apresentou-se como amigo de três dos argentinos desaparecidos, que se encontravam em um apartamento alugado por ele.

"Eles estavam ficando em uma casa e me disseram: 'Esvaziou um apartamento na praia? Queremos ficar na praia'. E ficaram lá, com o azar de que, na primeira noite que eles ficam, acontece o que aconteceu", lamentou.

Segundo Rodrigo, seus amigos são Andrés Galfrascoli, de 45 anos, Fabián Núñez, de 55, e a criança Sofía Galfrascoli Núñez, de apenas seis anos.

"Eu ligo para eles e eles não atendem", disse Rodrigo, acrescentando que os três costumam viajar da Argentina para Miami todos os anos.

"Eles vieram nos visitar, como todos os anos, e por acaso receberam a vacina (contra a covid-19)", comentou.

O prefeito de Surfside, Charles Burckett, confirmou mais cedo em uma entrevista coletiva que um terço do prédio, construído há 40 anos, desabou por causas indeterminadas, enquanto seus moradores dormiam, e relatou que pelo menos uma pessoa morreu e dezenas ficaram feridas, embora se tema que possa haver mais vítimas nos escombros.