PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
2 meses

Fortes chuvas deixam 43 mortos no oeste da Índia

23/07/2021 16h35

Nova Délhi, 23 jul (EFE).- Ao menos 43 pessoas morreram em inundações e deslizamentos de terra ocasionados pelas fortes chuvas no estado de Maharashtra, no oeste da Índia, afirmaram fontes oficiais nesta sexta-feira.

"Devido a deslizamentos de terra em Talai, no distrito de Raigad, cerca de 35 pessoas morreram. As operações de resgate estão em andamento em muitos lugares", disse o chefe de governo do estado, Uddhav Thackeray.

"Ordenei a evacuação e o realojamento de pessoas que vivem em áreas onde existe a possibilidade de novos deslizamentos de terra", acrescentou Thackeray, antes de reconhecer que os esforços de salvamento foram dificultados por danos nas estradas e pontes causados pelas inundações.

O aumento do nível da água no distrito, localizado apenas 70 quilômetros ao sul de Mumbai, obrigou as autoridades a utilizarem helicópteros e a pedirem para que os cidadãos ilhados esperem pelo resgate nos telhados.

No distrito de Satara, pelo menos oito pessoas morreram e duas outras continuam desaparecidas, disse o magistrado Shekhar Singh, de acordo com a agência local "ANI".

O diretor da Força Nacional de Gestão de Catástrofes, Satya Pradhan, disse que mais de 150 pessoas foram resgatadas na cidade de Chiplun após as inundações, que começaram na noite anterior.

"A normalidade está voltando lentamente", disse Pradhan no Twitter.

De acordo com as previsões do Departamento de Meteorologia da Índia, partes de Maharashtra, assim como o vizinho Madhya Pradesh e Telangana, continuarão a sofrer com fortes chuvas até o sábado.

As inundações e os deslizamentos de terras são comuns durante a época das monções na Índia, tal como os desmoronamentos de edifícios devido a infraestruturas pracárias, falta de manutenção e corrupção. EFE

daa/vnm

(foto) (vídeo)