PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Biden ainda considera viável completar evacuação do Afeganistão até dia 31

21.jul.2021 - Joe Biden, presidente dos Estados Unidos - Saul Loeb/AFP
21.jul.2021 - Joe Biden, presidente dos Estados Unidos Imagem: Saul Loeb/AFP

23/08/2021 15h43

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou neste domingo que espera completar a evacuação do Afeganistão até o próximo dia 31, embora reconheça que a situação ainda é perigosa e "muitas coisas podem dar errado".

"Há discussões sobre a extensão. Nossa esperança é que não seja necessária", disse Biden em uma aparição na Casa Branca para comentar sobre os esforços de evacuação no Afeganistão após uma reunião com sua equipe de segurança nacional.

O presidente lembrou ainda que as tropas americanas "expandiu o perímetro" do aeroporto para garantir a segurança, após cenas de desespero nos últimos dias com várias mortes perto do aeroporto de Cabul.

"Não há como evacuar toda essa gente sem dor. Muitas coisas podem dar errado", acrescentou Biden, também reconhecendo a possibilidade de um ataque terrorista nas proximidades do campo de aviação pela filial do EI (Estado Islâmico) no Afeganistão.

Milhares de pessoas se aglomeram na entrada do Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul, com o objetivo de embarcar em um dos aviões para deixar o país, em meio ao caos vivido após a tomada da capital pelo Talibã, há uma semana.

De acordo com estimativas da Casa Branca, ainda há entre 10 mil e 15 mil americanos no Afeganistão que precisam ser evacuados, além de entre 50 mil e 65 mil afegãos e suas famílias que os EUA também querem retirar do país.

Internacional