PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

México diz não ter objeções em acolher migrantes haitianos

20/09/2021 23h29

Cidade do México, 20 set (EFE).- Em meio a uma crise que deixou dezenas de milhares de pessoas presas nas fronteiras norte e sul do México, o governo do país garantiu segunda-feira não ter qualquer objeção em receber migrantes haitianos.

"O México não tem objeção de que eles estejam em nosso país, desde que respeitem as leis do México", declarou o ministro de Relações Exteriores do país da América do Norte, Marcelo Ebrard.

Quase 13 mil migrantes irregulares, a maioria do Haiti, foram detidos pelas autoridades de imigração dos Estados Unidos em um acampamento improvisado sob a ponte internacional que liga Del Rio, no Texas, à Ciudad Acuña, em Coahuila, no México.

Os migrantes vêm atravessando o território mexicano rumo aos EUA desde a última terça-feira e sobrecarregaram as autoridades de imigração, que improvisaram um acampamento na esperança de processar os pedidos de asilo ou devolvê-los ao seu país por avião.

Os haitianos vêm do Brasil e do Chile depois que o Departamento de Segurança Nacional americano (DHS) informou em agosto a extensão do programa de Estatuto de Proteção Temporária (TPS), um anúncio pelo qual que os traficantes estavam torcendo, segundo Ebrard. O ministro mexicano disse que o país pode recebê-los, mas que "a maior parte deles quer ir para os EUA".

"Estamos oferecendo todos os tipos de soluções, através do Instituto Nacional de Migração. Alguns aceitaram refúgio no México, acho que 15%, mais ou menos", afirmou o ministro de Relações Exteriores.