PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Secretário ordena investigação sobre violência contra migrantes nos EUA

22/09/2021 19h59

Washington, 22 set (EFE).- O secretário de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Alejandro Mayorkas, ordenou nesta quarta-feira uma "rápida" investigação sobre os casos de violência envolvendo agentes da patrulha de fronteira do país contra haitianos que entraram no território nos últimos dias através do México.

O titular da secretaria anunciou a medida em reunião do Comitê de Segurança Nacional da Câmara dos Representantes americana, após a apresentação de fotos com os fatos ocorridos no último fim de semana, na localidade de Del Río, no estado do Texas.

"Não refletem quem somos como país, nem refletem a Guarda Fronteiriça", disse o funcionário do governo, que classificou o uso de violência como "desnecessário", ao avaliar as fotos.

Em uma das imagens, é possível ver um agente branco, montado em um cavalo, agarrando pela camisa um migrante negro, enquanto o atinge com um objeto semelhante a um chicote, na margem americana do rio Bravo.

Mayorkas prometeu uma "investigação rápida e contundente" e garantiu que os funcionários da Guarda envolvidos nas denúncias de violência, foram afastados das funções de campo e se dedicam a trabalhos administrativos.

"Os fatos guiarão as ações que tomaremos. Iremos até o fim", disse o secretário, que prometeu resultados da apuração em alguns dias.

O governo dos Estados Unidos começou nos últimos dias o processo de deportação de mais de 13 mil migrantes que chegaram nos últimos dias à cidade do Texas. A maioria partiu do Haiti.