PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Otan expulsa oito diplomatas russos por espionagem

Secretário-geral da Otan reconheceu que relações com a Rússia estão "no seu ponto mais baixo desde o fim da Guerra Fria" - Reprodução
Secretário-geral da Otan reconheceu que relações com a Rússia estão "no seu ponto mais baixo desde o fim da Guerra Fria" Imagem: Reprodução

06/10/2021 19h38

A Otan expulsou oito diplomatas da Rússia por supostamente serem espiões, confirmaram fontes aliadas à Agência Efe nesta quarta-feira.

"Podemos confirmar que retiramos a credencial de oito membros da missão russa para a Otan que eram funcionários da inteligência russa não declarados", informaram as fontes.

Segundo as mesmas fontes, a Otan também reduziu para dez a quantidade total de diplomatas que a Rússia pode credenciar na Aliança.

"A política da Otan em relação à Rússia continua sendo consistente. Fortalecemos a nossa dissuasão e defesa em resposta às ações agressivas da Rússia, ao mesmo tempo que nos mantemos abertos a um diálogo significativo", sublinharam.

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, reconheceu na terça-feira que as relações da aliança transatlântica com a Rússia estão "no seu ponto mais baixo desde o fim da Guerra Fria", com o governo russo cada vez mais "agressivo" no exterior mais "repressivo" internamente.

"Penso que temos de compreender que a relação entre a família transatlântica e a Rússia está no seu ponto mais baixo desde o fim da Guerra Fria", disse em conferência na Universidade de Georgetown, em Washington.

Stoltenberg citou a "anexação ilegal" da Crimeia pela Rússia, em 2014, e a sua "desestabilização contínua" no leste da Ucrânia como um ponto de virada.

"A perspectiva é grave", advertiu Stoltenberg, que presidirá amanhã em Bruxelas uma reunião previamente agendada do Conselho do Atlântico Norte com os assessores de segurança nacional aliados.

Em 2018, a Otan expulsou sete diplomatas russos em resposta ao envenenamento do ex-espião Sergey Skripal em Salisbury, no sul da Inglaterra.

Internacional