PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Johnson lamenta assassinato de deputado: "Um dos mais amáveis da política"

15/10/2021 21h50

Londres, 15 out (EFE).- O primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, expressou tristeza nesta sexta-feira pelo assassinato do deputado conservador David Amess, o qual descreveu como "uma das pessoas mais amáveis, bondosas e gentis da política, que acreditava apaixonadamente no país e em seu futuro".

Johnson não revelou à imprensa detalhes do esfaqueamento, cometido por um jovem de 25 anos cuja identidade e motivações ainda são desconhecidos, e pediu para que "deixem a polícia trabalhar".

"Perdemos um bom funcionário público e um amigo muito querido. A razão pela qual tantas pessoas estão chocadas e entristecidas é sobretudo porque ele era uma das pessoas mais amáveis, bondosas e gentis da política, e também porque ele tinha um excelente histórico de pressão legislativa para ajudar os mais vulneráveis", lamentou.

O premiê elogiou o trabalho de Amess para ajudar as mulheres que sofrem de endometriose, pobreza energética e em seus esforços contra a crueldade com os animais.

"David era um homem que acreditava apaixonadamente neste país e no seu futuro", enfatizou Johnson.

Questionado sobre uma declaração da presidente da Câmara dos Comuns, Lindsay Hoyle, na qual propôs abrir o debate sobre a segurança dos deputados, Johnson disse que "esses assuntos serão oportunamente considerados, mas agora é o momento de pensar em Sir David, na sua esposa e na sua família". EFE