PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Rússia mantém escalada e registra novo recorde de mortes por covid-19

19/10/2021 13h46

Moscou, 19 out (EFE).- A Rússia voltou nesta terça-feira a atingir o recorde de mortes por covid-19 no país em um mesmo dia, com a inclusão de 1.015 vítimas em boletim apresentado pelo centro de luta contra a doença provocada pelo novo coronavírus.

A quantidade mais alta de notificações desde o início da pandemia havia sido registrada no último sábado, com 1.002 óbitos. No domingo, foram 997 e ontem 998 falecimentos contabilizados.

Dessa forma, o total de mortes provocadas pela covid-19 no território russo desde o início da pandemia chegou a 225.325, de acordo com dados divulgados pelo centro de luta contra a doença.

Hoje, Moscou registrou 73 mortes, o que eleva o total para 30.305, enquanto São Petersburgo, a segunda maior cidade do país, teve 68.

Nesta terça-feira, a Rússia encerrou uma sequência de cinco dias consecutivos de recorde no número de novos casos de covid-19, com a notificação de 33.749 positivos para a doença. Houve detecção em todas as 85 regiões do país, segundo os dados oficiais.

Ontem, o pico de contágio foi alcançado com 34.325 infecções.

A maioria dos casos de hoje foram verificados em Moscou, com 5,7 mil. Depois, aparece São Petersburgo, com 3,22 mil e o restante da região metropolitana de Moscou, com 2,95 mil.

Desde o início da pandemia, são 8.060.752 de positivos, o que faz da Rússia o quinto país mais afetado pela covid-19, atrás apenas de Estados Unidos, Índia, Brasil e Reino Unido. EFE