PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Secretário de Estado americano fala com chanceler do Chile sobre migração

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, destacou a participação do Chile na reunião que acontecerá em Bogotá sobre o tema - Jonathan Ernst/Pool/Reuters
O secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, destacou a participação do Chile na reunião que acontecerá em Bogotá sobre o tema Imagem: Jonathan Ernst/Pool/Reuters

19/10/2021 19h03

Washington, 19 out (EFE).- O secretário de Estado americano, Antony Blinken, conversou por telefone nesta terça-feira com o ministro das Relações Exteriores do Chile, Andrés Allamand, sobre os requisitos que o país sul-americano exige aos migrantes para regularizar a situação, a partir de lei aprovada em abril deste ano.

A informação foi confirmada pelo porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price.

Na conversa com o chanceler, Blinken também destacou a participação do Chile na reunião entre ministros que acontecerá amanhã em Bogotá, para debater o tema migração.

O secretário de Estado americano elogiou Allamand pelo apoio que o país sul-americano tem dado aos refugiados e migrantes na região, especialmente, os que chegam da Venezuela e do Haiti.

Price ainda disse que Blinken e o chanceler chileno conversaram sobre as metas comuns nos laços bilaterais, como a adoção de ações imediatas para respaldar uma migração "ordenada, segura e humana" na região, assim como controlar o fluxo de pessoas sem documentação legalizada no continente americano.

Em 11 de abril, o governo do Chile promulgou a nova lei de migração do país, que demorou oito anos para ser aprovada e que recebeu críticas pela imposição de uma maior rigidez fronteiriça e por agilizar as deportações.

Nesta terça-feira, Blinken iniciaria visita à Colômbia e ao Equador, onde tem previstos encontros com os presidentes Iván Duque e Guillermo Lasso, respectivamente.

Internacional