PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
6 meses

Em confinamento, Áustria tem segundo maior número de casos de covid-19

24/11/2021 12h38

Viena, 24 nov (EFE).- A Áustria, que se tornou o único país da Europa em que vigora regime de confinamento para contar a propagação da covid-19, registrou nesta quarta-feira mais 15.365 novos casos da doença, segundo número mais alto desde o início da pandemia.

Até hoje, o recorde de infecções notificadas em um mesmo dia aconteceu na última sexta-feira, quando boletim divulgado pelas autoridades locais apontou para a detecção de 15.809 positivos.

No dia em que a marca foi alcançada, o governo austríaco anunciou o confinamento geral da população, além da obrigatoriedade da vacinação contra a covid-19 a partir de fevereiro.

De acordo com o Ministério da Saúde e do Interior, em todo o país, que tem 8,9 milhões de habitantes, há 3.212 pessoas internadas com diagnóstico confirmado para covid-19, o que significa 87 a mais do que na véspera.

Além disso, nas unidades de terapia intensiva (UTI) subiu em 92 o número de pacientes internados nas últimas 24 horas, elevando o total para 578. As autoridades consideram que 600 leitos ocupados colocam o país em situação crítica.

Ainda de acordo com boletim divulgado hoje, foram contabilizadas mais 66 mortes por covid-19, elevando o total de vítimas ao longo da pandemia no território austríaco para 12.180.

A piora recente nos indicadores da pandemia é, em grande parte, atribuída ao baixo índice de vacinação da população, que gira em torno de 66%, segundo dados oficiais.

A comunidade científica da Áustria, inclusive, aprovou as medidas adotadas pelo governo, como forma de tentar conter a propagação do novo coronavírus e também tentar forçar o aumento da procura pela imunização. EFE

wr/bg