PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Com alta de casos, Áustria tem 30% das UTIs ocupadas por pacientes com covid-19

17.nov.2021 - Médico atende paciente em UTI em hospital na Áustria durante a pandemia da covid-19 - Barbara Gindl/APA/AFP
17.nov.2021 - Médico atende paciente em UTI em hospital na Áustria durante a pandemia da covid-19 Imagem: Barbara Gindl/APA/AFP

Da EFE

25/11/2021 12h34

As autoridades da Áustria divulgaram nesta quinta-feira que 30% dos leitos das UTIs dos hospitais do país estão ocupados por pacientes com covid-19, ainda antes do fim da primeira semana de confinamento geral imposto pelo governo.

Segundo boletim apresentado hoje, 3.246 pessoas estão hospitalizadas com sintomas da infecção pelo novo coronavírus, sendo que 619 delas apresentam quadro grave, maior número desde 12 de abril deste ano, quando eram 611.

Desde 8 de novembro, quando foi iniciada uma série de restrições na Áustria, primeiro para não vacinados, até chegar ao confinamento geral, o número de pacientes nas UTIs subiu 51%, de acordo com dados oficiais.

Além disso, o boletim apresentado hoje pelas autoridades locais aponta que foram registradas mais 13.592 positivos para infecção pelo novo coronavírus e 53 mortes por covid-19.

Ao todo, existem 152,5 mil casos ativos da doença, ou seja, de pessoas que podem transmitir o patógeno para outras.

A vacinação segue avançando de forma lenta na Áustria, onde apenas 66,2% da população conta com esquema completou de vacinação.

Nesta quarta-feira, foram aplicadas pouco mais de 117 mil doses de imunizantes, sendo 10,2% do total referente a primeira, e 78,4% a terceira, que serve de reforço.

Coronavírus