PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Maduro pede que novos prefeitos e governadores mudem métodos políticos

09/12/2021 03h00

Caracas, 8 dez (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convocou nesta quarta-feira prefeitos e governadores aliados e que foram eleitos no pleito de 21 de novembro para pedir que mudem seus métodos políticos e formas de exercer o poder.

"Devemos mudar tudo. É uma nova era de mudanças, e devemos mudar nossos métodos políticos, nossas formas de articulação com o povo, nossas maneiras de tomar decisões, nossa maneira de governar, e um elemento chave para realizar essas grandes mudanças que a Venezuela precisa é governar junto com o povo", declarou Maduro em um evento com prefeitos e governadores chavistas.

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), de Maduro, venceu as disputas para governador em 19 dos 23 estados do país e em Caracas. Já em Barinas, estado natal do ex-líder Hugo Chávez e onde a oposição levou a melhor, o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) ordenou uma reedição do pleito.

O candidato do PSUV em Barinas, Jorge Arreaza, também esteve na reunião desta quarta e foi saudado por Maduro como futuro vencedor do novo pleito, que será realizado em 9 de janeiro.

Como parte dessa nova forma de governar, o chefe de Estado contou com um método eleitoral do partido governante chamado '1 para 10', no qual cada apoiador deve encontrar dez eleitores.

"Será o 1 para 10 da boa governança, que permitirá que nossos correligionários governem junto com o povo, com o povo e para o povo", afirmou o presidente venezuelano, que, sem citar nomes, criticou os líderes regionais que "tomam decisões individualistas na formação de equipes governamentais". EFE