Topo

Erratas


UOL Economia: Entregadores respondem por 14% das mortes de motociclistas

2019-06-10T13:34:36

10/06/2019 13h34

Diferentemente do informado em uma versão anterior da reportagem "Apps que entregam tudo agilizam vida, mas há problemas de atendimento, de trânsito e trabalhistas", o número de mortes de entregadores de moto não subiu 14% de 2017 para 2018. Na verdade, a participação das mortes de entregadores no total de mortes de motociclistas em São Paulo, capital, é que passou de 9% para 14% no período. A informação foi corrigida.

Mais Erratas