Entre os 10 artilheiros do Português, 5 são brasileiros

Lisboa, 08 Mai (Lusa) ? Dos 224 jogadores que marcaram gol do Campeonato Português na temporada 2005/2006, 80 são brasileiros. E cinco dos dez maiores artilheiros , terminada no último fim de semana, sâo atletas nascidos no Brasil.

Além disso, se classificados por país de nascimento, foram brasileiros os atletas que mais marcaram no torneio: 271 gols. Em segundo lugar vieram os argentinos, com 24 gols.

Os gols de estrangeiros dominaram o campeonato. Os jogadores de fora de Portugal marcaram 412 vezes, contra 242 dos portugueses. Além dos 271 gols brasileiros e dos 24 marcados por argentinos, 18 foram anotados por camaroneses, 15 por franceses, 12 por poloneses e 11 por senegaleses.

Líedson é vice

O atacante Liédson, (ex-Corinthians e Flamengo), do Sporting, foi um dos vice-artilheiros do Campeonato Português, com 15 gols. O luso-brasileiro André Pinto (ex-Portuguesa), do Nacional, fez 14; O cearense Joeano, que foi ainda jovem para Portugal, marcou 13 vezes pela Acadêmica de Coimbra.

Os outros dois brasileiros top ten foram Alexandre Goulart (ex-Cruzeiro e Internacional), do Nacional, que fez 11; e Gaúcho, que no Brasil defendeu o Sport e o Guarani, marcou 10 gols para o rebaixado Rio Ave.

No total, os brasileiros também foram os que mais marcaram ? 271 vezes. O maior artilheiro da temporada, no entanto, foi um camaronês, Meyong ? que mesmo assim não conseguiu evitar o rebaixamento da sua equipe, o Belenenses.

Pior média

Com apenas 681 gols marcados em 306 jogos, a temporada 2005/2006 teve a pior média de gols por partida dos últimos 16 anos: 2,23. Somente na temporada 1989/1990 ? quando a competição passou a ser disputada por 18 equipes ? o desempenho foi pior (2,18 gols por partida).

Nenhuma rodada teve mais de 30 gols. As que chegaram mais perto ? as rodadas 17 e 31 ? tiveram 28. Metade das 34 rodadas não chegou nem aos 20 gols. Apenas em seis delas, houve mais de 25.

Seleção do campeonato

Entre os melhores jogadores em suas posições no Campeonato Português, cinco brasileiros foram escolhidos. O goleiro Moretto (ex-Portuguesa) se destacou no Vitória de Setúbal na primeira metade do campeonato, com apenas quatro gols sofridos em 15 jogos. Seu bom desempenho valeu uma transferência ao Benfica, em dezembro. Ao todo, sofreu 21 gols em 33 jogos.

O zagueiro Pepe (ex-Corinthians de Alagoas), do Porto, foi considerado um "elemento chave" na equipe campeã da temporada. O lateral-esquerdo, Leo (ex-Santos), do Benfica, acompanha Pepe na seleção do campeonato, e se destacou por sua velocidade.

O meia Paulo Assunção (ex-Palmeiras) começou a temporada no Porto como reserva, mas acabou se frimando na equipe titular, atuando como um jogador do meio- campo mais próximo à defesa. Por fim, Jorginho (ex-Atlético Paranaense e Goiás), também do Porto, foi decisivo para garantir a consagração de sua equipe como campeã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos