Figo e Costinha são 'puxa-sacos', brinca Scolari

Frankfurt, Alemanha, 16 Jun (Lusa) - O técnico da seleção portuguesa, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, disse hoje que o atacante Luís Figo e o meia Costinha são "puxa-sacos", ao comentar os elogios que recebeu recentemente dos dois jogadores.

"Eu até brinquei com Costinha e Figo. Eles são puxa-sacos", afirmou Scolari. Ontem, o capitão Figo defendeu a permanência do técnico após a Copa do Mundo. "Scolari é dos melhores que já encontrei na seleção nacional, com o devido respeito aos outros", disse ele. "Gostaria de o ter conhecido mais cedo, pois, seguramente, muitas coisas que aconteceram no passado não teriam acontecido".

Já Costinha disse, também ontem, que os presidentes dos clubes deixaram de mandar na seleção portuguesa depois da chegada do brasileiro - cuja saída significaria "dez passos para trás".

Felipão explicou que a forte união do grupo "obriga" elogios mútuos e revelou que o ambiente é como o de uma família. "Desde 2003 que já conseguimos algumas coisas boas para a seleção de Portugal. Eles já viveram com outras seleções e outros treinadores e, agora, entendem que a minha permanência é importante. Fico feliz por isso", declarou.

O técnico também elogiou os jogadores, dizendo que a reciprocidade de afetos é fundamental em uma equipe. "Eles querem preservar-me, da mesma forma que eu quero preservar este grupo. E tudo isso é independente dos resultados que se consigam", concluiu Scolari.

Portugal enfrenta o Irã amanhã pela segunda rodada do Grupo D, que lidera juntamente com a seleção mexicana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos