Crianças vítimas de fraude na Copa ganham ingressos da FIFA

Berlim, 21 Jun (Lusa) - As 400 crianças inglesas que foram vítimas de fraude e não puderam assistir as partidas da Copa do Mundo pelas quais pagaram (de Portugal x Irã e de Gana x República Tcheca) vão ganhar ingressos da FIFA para assistir um jogo da Copa, nas quartas-de-final.

A decisão foi tomada após conversas entre o primeiro-ministro inglês Tony Blair e o presidente da FIFA, Joseph Blatter, que se mostrou feliz pela solução. "Isto reflete o espírito da FIFA e a filosofia do futebol", disse ele.

"Estou particularmente agradecido à FIFA. Graças a ela, as crianças vão viver o acontecimento das suas vidas", afirmou o ministro do Esporte britânico, Richard Caborn.

Na terça-feira, Tony Blair afirmou que era necessário fazer qualquer coisa para que as crianças pudessem ir, para não perderem uma oportunidade única de verem um jogo de uma Copa do Mundo.

Os jovens, alunos de um colégio de Portsmouth, com idades entre 11 e 16 anos, vão assistir um jogo das quartas-de-final - da Inglaterra, se a equipe se classificar.

Um inquérito policial internacional sobre a fraude está em curso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos