Portugal completa 2 anos sem derrota em torneios oficiais

Munique, 04 Jul (Lusa) - Depois da desiludir sua torcida, em pleno estádio da Luz, em Lisboa, ao ser derrotada na final da Euro-2004 (1 a 0 para a Grécia), há exatos dois anos, Portugal não foi mais derrotado em jogos oficiais.

De 4 de julho de 2004 para cá, Portugal disputou 17 partidas oficiais (12 pelas eliminatórias européias para a Copa e cinco pela Copa da Alemanha), vencendo 13 vezes e empatando quatro. Neste Mundial, foram quatro vitórias e um empate.

Nesta quarta-feira, contra a França, a seleção lusa pretende ampliar o recorde de invencibilidade e passar à final da Copa, feito que seria inédito já que a melhor performance de Portugal em um Mundial foi a semifinal de 1966.

Comandada pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari, a equipe lusa contrariou prognósticos e chega a Munique, palco do jogo contra a França, já entre as quatro melhores do mundo.

Na Copa da Alemanha, a família Scolari já derrotou Angola (1 a 0), Irã (2 a 0), México (2 a 1) e Holanda (1 a 0) e empatou com a Inglaterra, mas passou às semifinais por ter vencido no desempate por pênaltis.

Semifinal

Nesta quarta-feira, Felipão poderá escalar a equipe titular, já que Costinha e Deco e retornam após terem cumprido suspensão contra a Inglaterra. Ricardo; Miguel, Fernando Meira, Ricardo Carvalho e Nuno Valente, Costinha, Maniche e Deco; Figo, Cristiano Ronaldo e Pauleta deve ser a escalação de Portugal.

O volante Petit, suspenso, não poderá ser utilizado, mas Scolari terá 11 suplentes à disposição, com destaque para o atacante Nuno Gomes, que completa 30 anos neste 5 de julho e foi o último - e único entre os 23 - a fazer gol na seleção francesa.

Em uma das semifinais da Eurocopa de 2000, Portugal pegou a França e saiu na frente com gol de Nuno Gomes. Thierry Henry empatou e, na prorrogação, Zidane marcou, de pênalti, levando os franceses à final. A França acabou por se sagrar campeã do torneio.

Para repetir a campanha de outra Eurocopa, a de 2004, único torneio oficial que teve vitória portuguesa em uma semifinal, Portugal precisa bater a França, liderada pelos mesmos carrascos de 2000 - Zinedine Zidane e Thierry Henry.

Além destes dois gênios, Raymond Domenech tem ao seu dispor mais uma série de jogadores com experientes e vencedores, como o goleiro Fabien Barthez, os zagueiros William Gallas e Lilian Thuram e os meias Claude Makelele e Patrick Vieira.

Para os franceses, que também têm contado com a preciosa ajuda da jovem revelação Franck Ribéry e lograram eliminar nas quartas o favorito Brasil, a vitória nesta quarta-feira significaria chegar a uma segunda final de Copa do Mundo.

O jogo entre Portugal e França ocorre nesta quarta-feira às 21h locais (16h, em Brasília), em Munique, com arbitragem do uruguaio Jorge Larrionda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos